Por que ler uma HQ de amorzinho?

SOPPY – É conhecido na língua inglesa como um adjetivo para representar emoções grandiosas, ou coisas cheias de sentimentalismo e ao contrário do lado racional.

Então porque nós pessoas de um mundo tão mais voltado ao cientificismo e a racionalidade deveríamos ler essa HQ? Simplesmente ela mostra o porquê de uma relação valer a pena, em pequenas coisas, não gestos grandiosos como carros com declarações escandalosas em redes sociais ao maior estilo poeta trovador ou camoniano, mas sim no dia a dia, por exemplo: quando falta luz, quando estamos em uma crise de ódio contra o mundo, vendo um filme ou fazendo chá um para o outro, é aí que essa HQ vai fazer aflorar o sentimentalismo. O quadrinho inteiro só vai utilizar as cores: vermelha, preta e branca e muitas, muitas estampas, além de todos os personagens serem meio arredondados o que vai dar uma aparência de fofura o tempo todo para a história.

 

SOPPY é uma HQ que mostra o menor e o melhor das relações amorosas, com histórias curtas representadas as vezes em um único quadrinho a autora vai transmitir sensibilidade sem ser melosa ao extremo. Com pequenas declarações simples de amor vamos conhecer a história do casal Luke e Phillipa, desde os primeiros encontros, a vida nova em casal, as pequenas batalhas contra o quintal e as ervas daninhas, até mesmo as posições para dormir melhor e também a evolução sentimental do relacionamento. A HQ pode nos inspirar a melhorar nossos relacionamentos, não apenas como casais, mas também pode te deixar em uma tremenda sofrência, então fica a indicação com um aviso também.

Philippa Rice é autora, ilustradora, faz animações e ainda domina o crochê, vive com o seu namorado Luke e tem um site com tudo isso: philiparice.com

Comentários
Compartilhe e divulgue nosso podcast